Foi preso o caminhoneiro que atropelou duas mulheres e fugiu sem prestar socorro na Freeway

Um caminhoneiro atropelou duas pessoas no quilômetro 19 da Freeway, em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte do RS, no início da tarde de domingo (17). O homem fugiu do local sem prestar socorro. A PRF (Polícia Rodoviária Federal), com o apoio de uma equipe dos bombeiros, conseguiu prender o motorista alguns quilômetros depois. O homem alegou ter dormido ao volante.

De acordo com informações da PRF, um Vectra, com placas de Gravataí, sofreu uma pane e parou antes do pedágio de Santo Antônio da Patrulha, no sentido Porto Alegre-litoral. Quando as duas mulheres que estavam no carro se dirigiam a pé até o pedágio para pedir ajuda, foram atropeladas pelo caminhão.

Segundo testemunhas, as vítimas estavam caminhando junto ao meio-fio, sobre a grama. Uma mulher de 25 anos morreu no local e uma idosa de 65 anos sofreu lesões graves. O motorista do caminhão, morador de Venâncio Aires, foi preso por homicídio culposo e lesão corporal.

(Foto: PRF/Divulgação)

BR-116

Por volta das 21h35min de domingo, na BR-116, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, a PRF atendeu um acidente envolvendo um Fiat Uno Vivace que trafegava pela rodovia no sentido Capital-interior. O veículo colidiu contra uma contenção de concreto e uma grade metálica. A motorista, de 27 anos, morreu no local.

A passageira do automóvel, de 24 anos, foi encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas. Testemunhas afirmaram que o carro vinha em alta velocidade. Parentes das mulheres disseram que, antes do acidente, elas estavam em um bar em Porto Alegre assistindo a jogos do Mundial.

Comentários