Foragido mais procurado do Rio Grande do Sul é preso em Santa Catarina

Líder de facção criminosa estava em um apartamento de luxo em Itapema. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil gaúcha informou, na manhã desta sexta-feira (12), que prendeu o criminoso que era considerado o principal foragido do Rio Grande do Sul. O bandido, de 38 anos, líder de uma facção criminosa, foi capturado em um apartamento de alto padrão, de frente para o mar, em Itapema (SC).

Segundo a polícia, Tiago Soares da Silva, conhecido como Pequeno, tinha um veículo de luxo na garagem e andava acompanhado por seguranças. Ele é irmão de um vereador eleito em Cachoeirinha, investigado pelo Ministério Público do RS sob suspeita de ter a sua campanha financiada pela facção comandada pelo criminoso.

O foragido capturado possui um mandado de prisão definitiva por furto a estabelecimento bancário e dois mandados de prisão preventiva pela prática de homicídios cometidos em Porto Alegre. Entre as vítimas, está um empresário morto em frente a uma clínica terapêutica na Capital.

Ele também é apontado como co-autor de outros 11 homicídios que seguem sob investigação. Além disso, o bandido foi indiciado pela participação no roubo a uma empresa de transporte de valores ocorrido em abril de 2018.

O bandido foi preso durante a Operação Cidade de Deus, deflagrada pelo Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa na quinta-feira (11).

Comentários