Gaúcho José Levi é o novo chefe da Advocacia-Geral da União

O atual procurador-geral da Fazenda Nacional, José Levi Mello do Amaral Júnior, foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para comandar a AGU (Advocacia-Geral da União). A nomeação foi publicada nesta terça-feira (28) no Diário Oficial da União.

Gaúcho de São Gabriel, ele tem 43 anos e é procurador da Fazenda Nacional desde 2000. Levi passa a ocupar a vaga de André Mendonça, que foi nomeado como novo ministro da Justiça no lugar de Sérgio Moro.

José Levi já havia sido consultor-geral da União e secretário-executivo do Ministério da Justiça no governo de Michel Temer. Na ocasião, chegou a assumir interinamente a pasta por um mês, após a saída do ministro Alexandre de Moraes para assumir uma cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal).

A formação acadêmica de José Levi tem um mestrado em direito do Estado e teoria do direito pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e um doutorado pela USP (Universidade de São Paulo), onde atua como professor livre-docente em direito constitucional.

Ele também leciona na pós-graduação no Centro Universitário de Brasília. Fora do Brasil, cumpriu estágio de pós-doutorado nas universidades de Coimbra (Portugal) e de Granada (Espanha).

Comentários