Governo aprova plano de convocação para o serviço militar

Objetivo é regular condições de recrutamento do serviço militar obrigatório nas Forças Armadas em 2022. (Foto: Divulgação)

O governo aprovou o plano de convocação para o serviço militar inicial em 2022. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União e passam a valer a partir do dia 1º de dezembro. A Portaria foi assinada por Fernando Azevedo e Silva, ministro da Defesa.

O intuito é regular as condições de recrutamento dos brasileiros da classe de 2003 – ano em que foi unificado o processo de recrutamento – para a prestação do serviço militar obrigatório nas Forças Armadas daqui dois anos.

Serão convocados todos os brasileiros da classe de 2003 e das anteriores, do sexo masculino, que estejam em débito com o serviço militar, para prestação do serviço militar inicial.

As juntas de serviço militar continuam com a função de realizar o alistamento para as três Forças, sempre de forma online, dos cidadãos que se apresentarem nas juntas.

Comentários