Governo de Eduardo Leite prepara pacote para alterar Previdência de servidor público

O governo de Eduardo Leite está disposto a driblar a exclusão dos estados da reforma da Previdência em discussão no Congresso, e, para isso, prepara mudanças nas regras de aposentadoria dos servidores públicos estaduais. Entre as medidas em estudo, está o aumento da idade mínima para obtenção do benefício, a cobrança de contribuição dos inativos que ganham abaixo do teto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de R$5,8 mil, e a revisão das normas aplicadas a policiais militares. A intenção de Leite é enviar o pacote com projetos de lei e propostas de emenda à Constituição (PECs) no próximo mês à Assembleia, para garantir que a votação seja concluída ainda em 2019.

Comentários