Governo deve desbloquear cerca de R$ 12 bilhões do Orçamento hoje

Depois de prometer uma liberação de cerca de R$ 14 bilhões ainda este mês, montante que acabou não se concretizando, o governo adotou um tom de maior cautela no anúncio do desbloqueio. (Foto EBC)

O governo federal deve liberar Orçamento nesta sexta-feira (20). Uma redução de R$5,8 bilhões nas despesas com pessoal vai ajudar o governo a abrir espaço e cumprir a promessa de liberar os recursos para desafogar ministérios, que correm risco de serem extintos por falta de dinheiro. O valor total do desbloqueio que será anunciado nesta sexta-feira deve ficar por volta de R$12,46 bilhões. As despesas com subsídios também devem cair cerca de R$1 bilhão. Como outros gastos estão crescendo, o valor final do alívio nas despesas deve ficar próximo de R$6 bilhões.

Já as receitas devem ter um crescimento líquido de R$6,46 bilhões para a União. Depois de prometer uma liberação de cerca de R$14 bilhões ainda este mês, montante que acabou não se concretizando, o governo adotou um tom de maior cautela no anúncio do desbloqueio.

Tanto o presidente Jair Bolsonaro, quanto o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, têm falado em um montante de R$8,3 bilhões, menos do que será liberado de fato. Do valor total de R$12,46 bilhões, R$2,6 bilhões em receitas recuperadas por meio da Operação Lava Jato serão direcionadas para ações de preservação ambiental (R$1 bilhão) e de educação (R$1,6 bilhão). Outra fatia será desbloqueada para o Judiciário e o Legislativo. Além disso, as emendas parlamentares devem ficar com R 1,2 bilhão a R$1,4 bilhão.

A decisão foi um acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF).

Comentários