Governo do Rio Grande do Sul cancela venda de ações do Banrisul

Governo do Rio Grande do Sul cancela venda de ações do Banrisul

(Foto: Divulgação/Banrisul)

O Governo do Rio Grande do Sul cancelou a venda de ações do Banrisul. Segundo a justificativa, o preço por ação não atendia ao interesse do acionista vendedor.  O governo Eduardo Leite planejava obter cerca de R$2,2 bilhões com a venda, considerando o preço de R$23 por ação, que era o praticado quando a operação foi anunciada.

Na quarta-feira, informações que circulavam no mercado financeiro davam conta de que o banco havia conseguido garantir um preço mínimo de R$18,50 por ação — indicando receita entre R$1,3 bilhão e R$1,5 bilhão, menor do que a esperada inicialmente.

A oferta de ações em que o vendedor é o governo gaúcho havia sido aprovada pelo Conselho Diretor do Programa de Reforma do Estado (CODPRE) e referendada pelo governador Eduardo Leite (PSDB).

As ações dariam ao seu titular um voto nas deliberações da assembleia geral de acionistas do banco, conforme informou o comunicado da semana passada.

O Banrisul informou nesta quinta que “manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados sobre qualquer nova informação a respeito desse tema, nos termos da regulamentação aplicável”.

Comentários