Governo federal define que a meta fiscal para 2021 será de R$ 247 bilhões

O Congresso vai analisar a LDO em sessão marcada para quarta-feira (16). (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, alterou a proposta da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2021 e incluiu a meta fiscal fixa de R$ 247,1 bilhões.

O texto enviado inicialmente, em abril deste ano, propunha uma meta flexível, dependendo das condições econômicas, o que causou reação do Tribunal de Contas de União. O Congresso vai analisar a LDO em sessão marcada para quarta-feira (16).

Em ofício enviado nesta terça-feira (15) ao presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, Guedes sugere a “alteração integral do artigo 2º do PLDO 2021”.

“A elaboração e a aprovação do Projeto de Lei Orçamentária de 2021 e a execução da respectiva Lei deverão ser compatíveis com a obtenção da meta de déficit primário de R$ 247.118.225.000,00 para os Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social”, diz trecho do projeto.

Comentários