Governo gaúcho recebe até domingo as respostas da consulta pública sobre a retomada das aulas presenciais no Estado

Ainda não há data definida para o retorno das aulas presenciais no RS. (Foto: Agência Brasil)
O governo do Rio Grande do Sul recebe até domingo (12) as respostas das 1.520 entidades que participam da consulta pública sobre a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Estado.

As entidades, ligadas às áreas da educação, saúde e assistência social, podem opinar, por meio de um formulário on-line, sobre qual grupo de alunos deve retornar primeiro às salas de aula e quais os protocolos de prevenção precisam ser adotados.

O governador informou, nesta quinta-feira (09), que já foram enviadas cerca de 640 respostas. Atualmente, as atividades escolares ocorrem de forma remota.

Um plano apresentado pelo governo gaúcho em maio previa a retomada das aulas presenciais em julho, mas ainda não há data definida para o retorno dos alunos às salas de aula. “Certamente, isso será feito por etapas”, ressaltou Leite ao lançar a consulta pública sobre o tema na semana passada.

“É muita gente envolvida e, evidentemente, devemos ter todo o cuidado, porque significa uma grande circulação de pessoas nos deslocamentos e, em grande parte do tempo, que ficarão juntas e em ambientes quase ou fechados. Mas, de outro lado, temos a preocupação porque estamos falando da formação dos adultos que queremos, do futuro das gerações”, completou.

Comentários