Homem é preso por comercializar e fabricar manualmente fogos de artifício em Viamão

A Polícia Civil, por meio da 2ª Delegacia de Policia de Viamão, após recebimento de denúncia anônima sobre a existência de uma fábrica/depósito clandestino de fogos de artifício, juntamente com o 4º Pelotão de Bombeiros Militar de Viamão, se dirigiu até o local, situado no bairro Planalto, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Segundo a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, durante a diligência foram encontrados diversos tipos de fogos de artifício, que segundo testemunhas eram comercializados indiscriminadamente, inclusive sendo vendidos para crianças e comerciantes locais.

Na ação foi identificado um homem como sendo o indivíduo que vendia e também fabricava manualmente alguns fogos de artifício. “Ele confessou a prática do comércio de fogos de artifício no local. É preciso ficar atento para o perigo de armazenar e comercializar fogos artifícios, especialmente expondo crianças em risco”, disse a delegada.

De acordo com o Tenente Anderson Rogovschi, Comandante do 4° Pelotão de Bombeiro Militar, fogo de artifício deve ser manuseado por adultos e observadas as regras de segurança. “Nessa época de estiagem e calor devemos cuidar o direcionamento dos fogo, evitando residências e mata próxima, a queda das chamas podem provocar um incêndio”, relatou.

Os bombeiros com sede em Viamão já atenderam 96 ocorrências de incêndio nesse mês de dezembro. Nesse mesmo período no ano passado só haviam atendido 36 ocorrências.

Comentários