Inaugurada subestação de energia Marau 2

O governador Eduardo Leite participou, na tarde desta quarta-feira (12), de evento virtual de inauguração da subesestação de energia Marau 2. As obras foram executadas pela Coprel Cooperativa de Energia, com sede administrativa no município de Ibirubá, somando investimento de R$ 14 milhões.

“O povo gaúcho quer energia de qualidade, sem oscilações e que os deixe na mão, especialmente no que diz respeito ao setor produtivo, mas também para os consumidores. A energia elétrica também é um fator importante para atrair investimentos para o Estado, uma vez que investidores precisam ter a segurança da qualidade de energia para ter melhor produtividade. É um setor altamente estratégico para o RS”, afirmou o governador.

Financiado pela Badesul Desenvolvimento – Agência de Fomento, o empreendimento entrou em funcionamento neste mês de agosto e atenderá 5.720 famílias de 11 municípios: Marau, Camargo, Casca, Ciríaco, David Canabarro, Gentil, Montauri, Muliterno, Nicolau Vergueiro, Santo Antônio do Palma e Vila Maria.

A Marau 2 contempla a construção de 4,5 quilômetros de linha de distribuição em 138 quilovolts (kV) e instalação de dois transformadores de 15 megavolt-ampère (MVA), que atuam de forma simultânea, em redundância. É a quarta subestação própria da Coprel. A obra começou a ser executada em dezembro de 2019.

“Desde que o governador Eduardo Leite unificou as pastas de Meio Ambiente e Infraestrutura, seguimos três palavras como um mantra: equilíbrio, eficiência e cooperação. Com cooperação, conseguimos enfrentar todos os problemas”, disse o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior.

A subestação é telecomandada pelo Centro de Operação, em Ibirubá, e conta com a qualidade da internet via fibra da Coprel. Antes, Marau tinha somente um alimentador. Agora com a subestação, quatro novos alimentadores, com tensão de operação em 23kV, possibilitam manobras entre os alimentadores para contingência e suprimento de novas cargas, tornando o sistema elétrico robusto e confiável.

O presidente da Coprel, Jânio Stefanello, detalhou que o investimento melhora os níveis de tensão e aumenta em quase três vezes a disponibilidade de energia para a região. “Podemos fazer muito pelas nossas comunidades. O cooperativismo gaúcho é sempre parceiro do Estado na construção de políticas públicas”, explicou.

A diretora-presidente da Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental), Marjorie Kauffmann, a presidente do Badesul, Jeanette Lontra, o diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone, o senador Luis Carlos Heinze e os deputados estaduais Sérgio Turra e Vilmar Zanchin também participaram do evento.

Comentários