Incêndio no CT do Flamengo deixa dez mortos e três feridos

O incêndio atingiu o Centro de Treinamento por volta das 05h da manhã. (Foto: Reprodução TV)
Um incêndio atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo na manhã desta sexta-feira (8) no Rio de Janeiro. Dez mortes foram confirmadas e três pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. Todos foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. O alojamento era usado pela equipe profissional e categoria de base do clube carioca, localizado em Vargem Grande, Zona Oeste da cidade. No local dormiam atletas de 14 a 17 anos, e ainda não há identificação de todos os mortos. O incêndio começou por volta das 5h10min e foi controlado por voltas das 7h30min. O CT do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, estava sem água e sem luz no momento do incêndio devido ao temporal que atingiu o Rio de Janeiro na quarta-feira (6), na região Oeste da cidade. O local é considerado um dos mais modernos da América Latina e ficou completamente destruído. A pericia será feita para identificar as causas do incêndio. Em um vídeo gravado por um dos atletas do clube que conseguiu escapar do incêndio, a causa do acidente teria sido a explosão de um equipamento de ar condicionado. O clube não confirma e não está permitindo que os atletas falem sobre o assunto.
Bandeira hasteada a meio-mastro. (Foto: Gabriela Zottis/RedeTV!)
Bandeira hasteada a meio-mastro. (Foto: Gabriela Zottis/RedeTV!)
O nome dos atletas que foram hospitalizados já foram confirmados, são eles Cauan Emanuel Gomes Nunes de 14 anos, natural de Fortaleza (CE); Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; Jonathan Cruz Ventura, 15 anos, que está em estado mais grave com 40% do corpo queimado. Entre os mortos, apenas dois nomes já foram confirmados pelas autoridades, são eles Christian Esmério que atuava como goleiro das categorias de base do clube, e o atleta Arthur Vinicius que morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos neste sábado. No Twitter, a Chapecoense se solidarizou com a tragédia com os atletas do rubro negro: “FORÇA, FLAMENGO! Estamos muito tristes e abalados com a notícia do incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, deixando inúmeras vítimas. Externamos nosso desejo de força aos irmãos do e a todos os familiares dos atingidos. Nossos pensamentos e orações estão com vocês.” A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro emitiu uma nota via Twitter lamentando o ocorrido no CT Ninho do Urubu. O clássico Fla-Flu, que iria acontecer no domingo, poderá ser cancelado. “A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro lamenta a tragédia ocorrida no CT do Ninho do Urubu, se solidariza com as famílias e com o @Flamengo no momento de profunda dor. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também publicou em suas redes sociais e decretou luto oficial de três dias. “Deixo aqui minhas condolências aos familiares e amigos dos 10 jovens, vítimas do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande. Esses atletas seriam o futuro do nosso futebol. Aguardo investigação minuciosa sobre o fato. Que Deus dê força e conforto às famílias. “ O presidente Jair Bolsonaro, mesmo em recuperação no Hospital Albert Einstein, publicou em seu Twitter uma nota de pesar a respeito do acidente. Em nota, o presidente diz se solidarizar com as famílias das vitimas.

Comentários