Indústria gaúcha retoma o nível de atividade anterior ao da pandemia de coronavírus

O Índice de Desempenho Industrial foi divulgado pela Fiergs. (Foto: José Paulo Lacerda/CNI)

A atividade da indústria gaúcha retornou ao nível anterior ao da pandemia de coronavírus, revela o IDI-RS (Índice de Desempenho Industrial), divulgado na segunda-feira (18) pela Fiergs (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul). O indicador cresceu 1,8% em novembro em relação a outubro de 2020.

Essa foi a sétima taxa positiva seguida, período em que o IDI-RS acumulou alta de 33,6%, levando o índice a superar o patamar de fevereiro (1,5%). “Apesar de positivo, o resultado não significa a recomposição total das perdas. Poucos setores e nenhum dos indicadores escaparão de uma queda em 2020”, afirmou o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry.

Todos os componentes do IDI-RS registraram crescimento em novembro na comparação com o mês anterior, com ajuste sazonal. Destaque para as compras industriais (7,6%) e o faturamento real (3,2%), mas vale ressaltar ainda o sexto avanço seguido do emprego, com 1%. A UCI (Utilização da Capacidade Instalada) subiu 0,3 ponto percentual no período, atingindo 81,9% de grau médio.

Na comparação com novembro de 2019, a atividade industrial gaúcha também subiu, 4,7%, desacelerando a queda acumulada em 2020 de -7,6% em outubro para -6,5% em novembro. Já nos 11 primeiros meses de 2020, todos os seis componentes do IDI-RS caíram se comparados com igual período de 2019: faturamento real (-5,9%), horas trabalhadas na produção (-7,4%), emprego (-2,2%), massa salarial real (-9,5%) e compras industriais (-8,8%).

Comentários