João de Deus deixa hospital e volta à prisão

O médium João de Deus deixou o hospital nesta quinta-feira (6), para voltar à prisão, após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele estava internado por mais de dois meses no Instituto Neurológico de Goiânia para tratar de um aneurisma no abdômen. João de Deus deixou o hospital de cadeira de rodas e vestindo roupas brancas, sendo levado para o Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia.

O médium responde a oito ações penais por crimes sexuais contra fiéis que buscavam o seu templo em Abadiânia. Ao todo, 90 vítimas denunciaram João de Deus, e a primeira denúncia foi levada à Justiça em 9 de janeiro.

Comentários