Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho marcam nesta sexta-feira (13), em Porto Alegre, o primeiro ano da assinatura da Nova Lei Trabalhista

Nesta sexta-feira, a partir do meio-dia, no Sheraton Porto Alegre, ganham palco as Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho, uma série de eventos que se propõem a debater a modernização da legislação trabalhista de forma técnica e sem ideologia. Ao todo, 15 edições contemplaram o debate no ambiente empresarial gaúcho no último mês. No Rio Grande do Sul, os eventos foram realizados em Bagé, Carazinho, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Capão da Canoa, Santa Cruz do Sul, Erechim, Lajeado, Passo Fundo, Santa Maria, Santa Rosa, Uruguaiana, Pelotas . Todas com enorme repercussão e lotação completa, contando com a presença de nomes de destaque do cenário jurídico, ao lado de lideranças políticas e empresariais, totalizando mais de dois
mil participantes em solo gaúcho.

Nogueira vem apresentando em cada encontro as mudanças e alterações das leis trabalhistas, desmistificando a reforma e tirando dúvidas dos participantes, ávidos por esclarecimentos que possam tornar claras as alterações e regras que passaram a vigorar desde então no cenário que congrega empregados x empregadores. “Rodamos o país inteiro, conversando com todos, para que pudéssemos elaborar uma lei que atendesse a todos e, principalmente, que criasse condições de ampliar investimentos e gerar mais empregos”, afirmou. “Com a modernização trabalhista o empregador perdeu o medo de contratar”, reitera.

O evento em Porto Alegre se reverte de importância, pois marca também o primeiro ano da assinatura da Nova Lei Trabalhista nº 13.467/2017. Estão confirmadas as presenças do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Ronaldo Fonseca, e do ministro do TST Aloysio Corrêa da Veiga. Também prestigiam a jornada os presidentes Luiz Carlos Bohn, da Fecomércio; Gedeão Silveira Pereira, da Farsul; Gilberto PorcelloPetry, da Fiergs; e Renê Ferreira de Oliveira, da ADCE Porto Alegre (Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas).

O deputado Ronaldo Nogueira faz um balanço positivo dos eventos e destaca ainda: “É necessário avançarmos nas reformas para melhorar a vida dos trabalhadores. O Brasil vai gerar, em 2018, mais de um milhão de empregos formais”. Ainda afirma que “a entrada em vigor da nova lei trabalhista tornou o país no melhor ambiente de negócios da América Latina e no segundo melhor do mundo. E o emprego é o maior de todos os direitos sociais”, destacou Nogueira, que não cansa de esbanjar seu otimismo frente as perspectivas que a Nova Lei Trabalhista promete continuar trazendo. (Clarisse Ledur)

Comentários