Lançada a 18º edição da Expodireto Cotrijal no Palácio Piratini

Governador Sartori e Nei Mânica. Créditos: Daniela Barcellos. Palácio Piratini

lançamento expodireto 2017 3
lançamento Expodireto 2017 1 14.02.2017
lançamento Expodiiiireto 2017 2
lançamenbto expodireto 2017 4
lançamento expodirto 2017 5

Pelo segundo ano consecutivo o Palácio Piratini sedia o lançamento da Expodireto Cotrijal, que acontece de 06 a 10 de março, em Não-Me-Toquqe. A abertura da solenidade foi realizada nesta terça-feira pela manhã, pelo presidente da Cotrijal, Nei Mânica, que mencionou o propósito da Expodireto 2017, que é focar na sua essência, ou seja, em tecnologia, inovação e conhecimento. “Estamos otimistas pois concluímos rapidamente a comercialização dos espaços deste ano e há empresas esperando uma oportunidade para os próximos anos”, afirmou ele.

O tema da Expodireto, em sua 18ª edição é “Negócios que inspiram o amanhã”. Entre as novidades, Mânica adianta que 500 expositores já asseguraram seus lugares e a Área Internacional deverá receber visitantes de cinco continentes”. Como já vem acontecendo, os fóruns nacionais ganham destaque, como o do milho, soja, solo e fórum das mulheres, entre outros.

Este ano uma das bandeiras da Expodireto será a defesa da manutenção da aposentadoria do homem do campo. Os jovens também terão espaço garantido no evento, pois manter suas presenças no campo é outro desafio. Segundo Mânica, desafio é o que não faltará nesta edição, agregado a inúmeras oportunidades de debater o setor, ofertar produtos e serviços para a melhoria da vida do campo, elencada pela produtividade. Este ano, como boa notícia, ele reiterou o recorde previsto para as safras de soja e milho, que mais uma vez colocarão o RS em evidência no cenário do agronegócio regional e nacional.

Na continuidade, o governador José Ivo Sartori enalteceu a Expodireto: “hoje é um dia especial para o agronegócio porque este é o setor que sustenta o PIB gaúcho, com uma participação de 44%. “O lançamento da Expodireto aqui no Palácio Piratini dá maior dimensão à história e à trajetória do RS pois a Expodireto é um patrimônio do Estado, é um exemplo de cooperativismo que dá certo”.

Comentários

815 Comentários