Livro revela que Marisa cogitou divórcio de Lula por possível adultério

reprodução/ Agência Brasil

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, a biografia “Marisa Letícia Lula da Silva”, que conta a vida da esposa do ex-presidente, que morreu em 2017, traz episódios espinhosos da vida do casal, como notícias de adultério que teriam sido cometidos por Lula, como o caso envolvendo Miriam Cordeiro.

Na época, ele já namorava Marisa e teve uma relação extraconjugal com a enfermeira. Essa relação resultou no nascimento de Lurian. O autor do livro revela que o episódio quase resultou em divórcio, principalmente pelo fato de Marisa ser “uma mulher atormentada pelo ciúme”, como o autor a descreve.

Dias depois de ter descoberto o caso, Marisa entrou em um escritório de um advogado de sua confiança e afirmou que queria se separar de Lula. O advogado, porém, recusou o caso, que não trabalhava com separação e ela mudou de ideia em relação ao divórcio.

A biografia de Marisa Letícia foi escrita por Camilo Vannuchi e não conta com entrevista dela. Antes da primeira conversa com Marisa, ela sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e morreu pouco depois. O livro, porém, conta com entrevistas com Lula, seus filhos e uma centena de outras pessoas.

Comentários