Lotações e escolares são alternativas para circulação em Porto Alegre

Não há previsão para o retorno do serviço na capital gaúcha nesta sexta-feira (Foto: Ricardo Giusti/PMPA)

As linhas de ônibus seguem fora de circulação em Porto Alegre. A alternativa para os usuários são as lotações, que foram liberadas para transportar passageiros em pé, e coletivos escolares, com tarifa de R$ 5,00. Táxis e aplicativos estão funcionando normalmente.

Os ônibus da Carris também foram afetadas pela greve geral desta sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e previdenciária. Somente a Carris calcula que 125 mil passageiros tenham sido afetados pela paralisação.

Não há previsão para o retorno do serviço na capital gaúcha nesta sexta-feira.

Região Metropolitana

Na Região Metropolitana de Porto Alegre, a situação se repete. O trensurb está fora de operação. Não há transporte coletivo em Alvorada, Gravataí e Cachoeirinha, realizadas pelas empresas Soul, Sogil e Transcal. Em São Leopoldo, o transporte de passageiros ocorre de forma parcial. A previsão é que o trabalho seja restabelecido somente neste sábado (29).

Acompanhe a situação do transporte em Porto Alegre:

The post Lotações e escolares são alternativas para circulação em Porto Alegre appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

842 Comentários