Lula, Palocci e Paulo Bernardo viram réus no DF por recebimento de propina da Odebrecht

Esta é a décima vez em que Lula se torna réu na Justiça Federal
(Foto: Divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e os ex-ministros Antônio Palocci Filho e Paulo Bernardo viraram réus em denúncia feita pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira (5). A ação foi feita pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, e acusa os réus de terem recebido propina da Odebrecht em troca de favores políticos.

De acordo com a denúncia, a empreiteira prometeu ao ex-presidente Lula R$64 milhões para ser favorecida em decisões do governo no ano de 2010. A acusação também se estende ao empresário Marcelo Odebrecht, que teria praticado, em 2010, crime de corrupção ativa. Os três réus são acusados de corrupção passiva por aceitarem o dinheiro, que teria ficado à disposição do Partido dos Trabalhadores.

Comentários