Mais de cinco mil veículos são multados no primeiro final de semana da Operação Golfinho

Em uma frenagem de emergência, os pneus tendem a não ter tanta aderência ao solo, alerta o CRBM. (Foto: CRBM/Divulgação)

No primeiro final de semana da Operação Golfinho 2016/2017, mais de cinco mil veículos foram flagrados pelo CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar) acima da velocidade permitida. Entre os dias 16 e 18, os radares do CRBM registraram 5.062 carros rodando acima da velocidade máxima permitida nas rodovias estaduais do RS, índice considerado alto pela corporação, tendo em vista que nem todos que pretendem viajar estão em férias ainda.

Entre os casos mais graves está um atropelamento que aconteceu na ERS-389, Estrada do Mar, na altura do quilômetro 31, em Xangri-Lá, onde um condutor não conseguiu frear, devido ao excesso de velocidade, atropelando pai e filho que empurravam uma moto às margens da rodovia. O condutor fugiu do local sem prestar socorro. O cidadão não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

CRBM alerta para imprudência

A imprudência dos motoristas liga o sinal de alerta para os próximos meses, quando o número de veículos circulando nas rodovias deve aumentar devido às festividades de fim e início de ano. Os policiais do CRBM alertam para o excesso de velocidade, pois em uma frenagem de emergência, os pneus tendem a não ter tanta aderência ao solo e ainda por ser um dos maiores causadores de acidentes em todo o País.

Multas

As multas de infração média, aplicadas aos veículos que transitam até 20% acima do limite da velocidade máxima permitida, passaram de R$ 85,13 para R$ 130,16 e quatro pontos na carteira.

Excesso de velocidade, entre 20% e 50% acima do limite, é uma infração considerada grave e passou de R$ 127,69 para R$ 195,23, além de cinco pontos na carteira.

Já as infrações gravíssimas, situações em que os veículos são flagrados circulando acima de 50% do limite de velocidade permitido na rodovia passaram de R$ 574,62 para R$ 880.41. A pena inclui ainda apreensão da carteira de habilitação e sete pontos na CNH.

Comentários

Comentários

803 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.