Manifestantes realizam protestos em Porto Alegre contra as propostas de reforma da Previdência e trabalhista

Um grupo de manifestantes realizou no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, na manhã desta segunda-feira (19), atos contra as propostas de reforma da Previdência e trabalhista. Com faixas e cartazes, eles fizeram discursos e cânticos contrários ao governo do presidente Michel Temer.  O protesto não prejudicou as operações do aeroporto.

Na manifestação, os integrantes da centrais sindicais carregavam um “pato” em referência a um dos símbolos dos protestos contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Ao lado do boneco, foi colocada uma placa com os seguintes dizeres: “Chega de bancar o pato. Reforma da previdência não”.

“A pressão precisa ser ampliada neste momento, pois essa é única maneira de garantir que não mexam na aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras”, disse o presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas.

Trânsito

Os manifestantes seguiram pela Avenida Mauá em direção ao Centro da Capital. O trânsito na região ainda é lento, segundo a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). Eles bloquearam parte da pista da direita da avenida em direção ao Centro. Novos atos devem ser realizados ao longo do dia na Capital gaúcha, inclusive um protesto à tarde na Esquina Democrática.

Comentários