Massacre em Suzano: mãe de atirador afirma que bullying teria levado o filho a abandonar estudos


Foto: Divulgação

A mãe de um dos atiradores do massacre em Suzano, Guilherme de Taucci de Monteiro, de 17 anos, em entrevista para Band News, afirmou que o bullying teria levado o filho a abandonar os estudos. Tatiana Taucci disse que ficou sabendo do caso pela televisão e que estava indo para a casa do pai dela, onde Guilherme morava, para conversar e entender o que aconteceu. Para a mãe, o menino um ótimo filho, ” uma criança […], um moleque muito tranquilo”, que “não falava nada, ficava jogando videogame”. Questionada se tinha algum recado para dar aos familiares das vítimas do massacre, ela lamentou: “Sinto muito, não posso fazer nada”.

Comentários