Os médicos do Pronto Socorro aderem à paralisação em Porto Alegre

HPS da Capital gaúcha (Foto: Banco de Dados/O Sul)

Os médicos municipários aderiram à paralisação dos servidores de Porto Alegre, prevista para esta quarta-feira (19). A decisão foi tomada em assembleia da categoria realizada na noite de segunda-feira (17), na sede do SIMERS (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul).

Os médicos dos hospitais públicos e unidades de saúde decidiram por unanimidade paralisar as atividades – mantendo atendimento nas emergências, em respeito à Lei de Greve. A decisão se deve, entre outras coisas, ao fato de a prefeitura ameaçar os servidores com o corte de direitos.

Também ficou acordado o apoio à manifestação contra as reformas da Previdência e trabalhista e a terceirização ilimitada, que significam a precarização das relações de trabalho. A mobilização ocorrerá no dia 28 de abril.

Confira a programação:

7h – Manifestação em frente ao Hospital de Pronto Socorro

9h – Ato público, em frente à prefeitura (Paço Municipal, s/n)

14h – Assembleia Geral, Largo dos Açorianos

The post Os médicos do Pronto Socorro aderem à paralisação em Porto Alegre appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

13 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.