Médicos municipários aderem à greve geral desta sexta-feira

Simers informou que greve geral terá a participação dos médicos municipários (Foto: Divulgação/Simers)

Os médicos municipários dos hospitais públicos e unidades de saúde de Porto Alegre vão parar nesta sexta-feira (28) em apoio à greve nacional contra as reformas trabalhista, da previdência e à lei de terceirização.  O Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul) coordena o movimento da categoria. Conforme o sindicato, a manifestação acontece em repúdio às mudanças propostas pelo governo federal, que significam a precarização das relações de trabalho. Durante o dia de protestos, serão mantidos os atendimentos de urgência e emergência.

A decisão por aderir à greve geral ocorreu em assembleia geral, realizada no último dia 17, no Simers. Na ocasião, os médicos municipários também definiram participar da paralisação dos servidores de Porto Alegre, feita em 19 deste mês. De acordo com o Simers, a mobilização foi contra a “ameaças constantes” que o prefeito Nelson Marchezan tem feito de atrasar e parcelar salários, possíveis perdas de direitos dos funcionários públicos, mantendo a terceirização de serviços.

Atividades programadas 

– A partir das 6h30min – piquetes em frente aos pronto atendimentos Bom Jesus e Cruzeiro do Sul, assim como no Hospital Presidente Vargas.

– Das 8h às 10h – Concentração em frente ao Hospital de Pronto Socorro (HPS)

– 10h – Caminhada saindo do HPS, passando pelo Hospital Presidente Vargas, seguindo pela Av. Independência até a Esquina Democrática, Centro.

 

The post Médicos municipários aderem à greve geral desta sexta-feira appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.