Mercado Público de Porto Alegre comemora 147 anos nesta segunda-feira

Prédio foi inaugurado em 1869 para abrigar o comércio de abastecimento. (Foto: Luciano Lanes / PMPA)

Com o tradicional bolo servido para clientes e visitantes, o Mercado Público de Porto Alegre comemora mais um aniversário. A festa dos 147 anos será realizada nesta segunda-feira (3), a partir das 10h, no cruzamento central do prédio.

O Mercado Público foi inaugurado em 1869 para abrigar o comércio de abastecimento da cidade. Tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre em 1979, sofreu quatro incêndios (1912, 1976,1979 e 2013) e resistiu à grande enchente de 1941. Atualmente, está em fase de restauração. Além de oferecer produtos diferenciados, com preços atrativos, também é um espaço para manifestações culturais e religiosas.

O Mercado Público tem 110 estabelecimentos com várias atividades: açougues, peixarias e frutos do mar, restaurantes (com buffets variados, japonesa, portuguesa), lancherias, pastelaria, padarias, fruteiras, lojas de alimentos para animais, de sementes e mudas de plantas, artesanato regional, bomboniere, lotéricas, bancas de revistas e jornais, flora e artigos para umbanda, loja de peixes ornamentais e produtos para aquários, cafeterias, barbearia, livraria. As bancas e lojas funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 19h30min, e sábados das 7h30min às 18h30min. Os restaurantes ficam abertos até as 22h30min.

O Largo Glênio Peres pode ser usado como estacionamento, de segunda a sexta-feira, a partir das 18h, e sábado durante o dia inteiro. Outra alternativa de estacionamento é a avenida. Borges de Medeiros, que tem Área Azul, de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, e sábado, das 10h às 13h.

Vendas pela Internet

A loja virtual funciona como qualquer outro site de vendas. Basta selecionar os produtos, informar o local de entrega e fazer o pagamento. Os preços são iguais aos das lojas físicas. As compras pela internet podem ser realizadas no site: www.mercadopublico.com.br.

Comentários

1.609 Comentários