Mesmo com o isolamento social, o Brasil teve alta de 6% no número de assassinatos no primeiro semestre

Na Região Nordeste, os assassinatos cresceram 22,4% no primeiro semestre. (Foto: Divulgação)

O Brasil teve uma alta de 6% nos assassinatos no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Em seis meses, foram registradas 22.680 mortes violentas no País, contra 21.357 no mesmo período do ano passado.

Os dados fazem parte do Monitor da Violência, divulgado pelo site G1. O levantamento é feito com base em informações oficiais dos 26 Estados e do Distrito Federal.

O aumento de assassinatos aconteceu durante a pandemia do novo coronavírus, que fez com que Estados adotassem diversas medidas de isolamento social. Ou seja, houve alta na violência mesmo com menos pessoas nas ruas.

O Nordeste foi responsável por puxar a alta dos homicídios nos seis primeiros meses de 2020. Os assassinatos na região cresceram 22,4% no semestre. Ao todo, 17 Estados do País apresentaram alta de assassinatos no período. No Sul, houve aumento no Paraná e em Santa Catarina e queda no Rio Grande do Sul.

Em outras três regiões (Norte, Centro-Oeste e Sudeste), o número de crimes violentos foi menor na comparação com o ano passado.

Comentários