Michel Temer é transferido para o Comando de Policiamento de Choque

Juíza aceita pedido de transferência do ex-presidente Temer (Foto: Reprodução)

Preso desde a última quinta-feira (9), na sede da Polícia Federal em São Paulo, o ex-presidente Michel Temer foi transferido nesta segunda (13) para o Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, na região central da cidade.

Por sua condição de ex-presidente e advogado, a defesa de Michel Temer alegou que o réu tem direito a uma sala de estado maior com banheiro privativo, por exemplo. A juíza Carolina Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal, no Rio de Janeiro, aceitou o pedido e determinou sua transferência.

Michael Temer é réu na Operação Descontaminação, pelo desvio de recursos da usina nuclear de Angra 3. O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro afirma que a soma dos valores de propinas recebidas, prometidas ou desviadas pelo suposto grupo chefiado pelo ex-presidente ultrapassa R$ 1,8 bilhão. O ex-presidente e o coronel Lima, também preso na semana passada, seguem negando as acusações.

Comentários