Ministério Público pede apreciação imediata de liminar em ação ajuizada para proteger Fundação Zoobotânica

Muro da FZB foi derrubado, o que facilita invasões nas instituições (Foto: MP-RS/Divulgação)

A Promotoria de Justiça do Meio Ambiente de Porto Alegre peticionou, nesta segunda-feira (10) pela apreciação imediata de liminar na ação civil pública ajuizada contra o Estado do Rio Grande do Sul para proteger o Jardim Botânico e o Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica.

Conforme a promotora de Justiça Ana Maria Marchesan, que assina a ação juntamente com os colegas Alexandre Saltz, Annelise Steigleder e Josiane Camejo, parte do muro foi derrubada, tornando o local sujeito a novas invasões. “A destruição faz periclitar o incrível patrimônio ambiental e cultural dos dois equipamentos”, observou.

 A ação civil pública foi ajuizada pelo MP em fevereiro deste ano com o objetivo de preservar o patrimônio cultural e natural das instituições.

The post Ministério Público pede apreciação imediata de liminar em ação ajuizada para proteger Fundação Zoobotânica appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

810 Comentários