Missa marca os 213 anos da Santa Casa

Crédito: Rogério Brandão.

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre celebrou, na manhã desta quarta-feira, dia 19 de outubro, o aniversário de 213 anos da instituição. Conduzida pelo bispo auxiliar de Porto Alegre, Dom Adilson Pedro Busin, e pelos celebrantes Padre Cláudio Damé, Padre Ricardo Mostardeiro e Monsenhor Ermillo Weizenmann, capelães da Santa Casa, uma missa especial marcou a data com uma homenagem para todos aqueles que ajudaram a construir esta história bicentenária.

Dom Adilson destacou o fato de 2016 ser o Ano Santo da Misericórdia como forma de lembrar a origem da instituição. “A Santa Casa nasceu da humildade, na colaboração das pessoas. E hoje ela ainda é assim. Um lugar de acolhimento para aqueles que mais necessitam, de alívio para todas as pessoas que buscam misericórdia”, ressaltou.

A reinauguração do restaurante dos colaboradores da Santa Casa, que agora é chamado Restaurante da Casa, ocorreu momentos antes da missa e foi um fato também destacado pelo provedor, Alfredo Guilherme Englert, como um presente para todos que lá trabalham. “Neste dia tão especial, com a ajuda e dedicação de muitos parceiros, pudemos realizar esta entrega para os nossos colaboradores. Temos agora um ambiente de confraternização totalmente renovado, feito com muito carinho”, enfatizou.

Ainda durante a missa, Englert prestou uma homenagem ao senhor Caio Poester, veterinário, jornalista, dentista e advogado, em agradecimento pelo apoio às iniciativas da Santa Casa durante os anos. Fundada em 1803 como uma instituição privada de caráter filantrópico, o mais antigo hospital do Rio Grande do Sul se solidifica a cada ano também como um dos mais modernos e maiores complexos do Brasil, contando com um corpo clínico altamente qualificado e de referência nacional e internacional.

Comentários

Comentários

684 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.