Movimentos sociais realizaram uma manifestação por ocasião do Dia Internacional da Mulher no Centro de Porto Alegre

Centenas de pessoas ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e a outros movimentos sociais realizaram, na manhã desta quinta-feira (08), uma caminhada pelas ruas do Centro de Porto Alegre em razão do Dia Internacional da Mulher.

Com faixas e cartazes, os manifestantes protestaram contra o que classificam como retirada de direitos sociais das mulheres, contra a violência doméstica e a favor da legalização do aborto. A caminhada começou por volta das 9h na avenida Mauá, que ficou totalmente bloqueada.

O grupo seguiu para o Palácio Piratini, onde chegou por volta das 10h. O ato causou congestionamentos no trânsito na área central da cidade. A BM (Brigada Militar) e a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) acompanharam a manifestação.

(Foto: EPTC/Divulgação)

Comentários