MP deflagra operação para combater fraude em venda de arroz


Operação investiga organização criminosa que venderia produto fraudado para os estados do Rio de Janeiro e São Paulo | Foto: Ministério Público / Divulgação / CP

O Ministério Público (MP) deflagrou uma operação para combater fraude em venda de arroz. A denominada Operação Carunchos aconteceu nesta quinta-feira (10) e analisou a venda dos grãos com insetos, larvas de traças e fezes de rato. A venda acontecia para o Sudeste do país.

A ação ocorreu em cinco cidades gaúchas e uma em Santa Catarina, contra suspeitos de integrarem uma operação criminosa investigada por adulteração de produto alimentício e sonegação fiscal. Até o momento, foram cumpridos sete mandados de busca, três de apreensão de caminhões e quatro de prisão temporária.

Os mandados são cumpridos em Cerro Branco, Novo Cabrais, Cachoeira do Sul, Candelária e Ibiraiaras, no Rio Grande do Sul, e na cidade catarinense de Sombrio. Os participantes do esquema compravam embalagens velhas, e alguns lavavam o arroz diretamente com a água de um rio para depois armazenar o produto.

Comentários