Mulher de Eduardo Cunha visita o ex-deputado na cadeia

Cláudia Cruz, mulher do deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), visitou o marido, na manhã desta sexta-feira (21), na superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). Cláudia estava acompanhada de um advogado e não falou com a imprensa.

Cunha foi preso pela Operação Lava-Jato na quarta-feria (19), em Brasília. Ele é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

A prisão de Cunha foi determinada pelo juiz Sérgio Moro, que é responsável pelas ações da Lava-Jato na primeira instância. Segundo Moro, Cunha continuou a tentar obstruir a investigação da Lava-Jato mesmo depois de perder o mandato de deputado federal. Após Cunha perder o foro privilegiado, o processo que estava no STF (Supremo Tribunal Federal) foi encaminhado para a Justiça Federal.

Esposa também é ré

Assim como Eduardo Cunha, Cláudia é ré em um processo da Operação Lava-Jato. De acordo com as investigações, ela foi favorecida, por meio de contas na Suíça, de parte de valores de uma propina de cerca de US$ 1,5 milhão recebida pelo marido.

Comentários