Mulher é libertada após ser mantida refém por um bandido durante 17 horas em sua casa em Charqueadas

Criminoso se entregou após intensa negociação  (Foto: Brigada Militar/Divulgação)

Uma mulher de 35 anos foi libertada, na madrugada desta quarta-feira (07), após ser mantida refém por mais de 17 horas por um criminoso no bairro Santo Antônio, em Charqueadas, na Região Carbonífera do Estado.

Um bandido que cumpria pena no regime semiaberto invadiu a residência da vítima por volta das 10h45min de terça-feira (06) e rendeu a mulher e sua filha, de 6 anos. A Brigada Militar cercou a casa. O homem, que tem antecedentes criminais por homicídio, tráfico de drogas e estupro, prometeu se entregar à polícia em pelo menos três oportunidades, às 15h, 18h e 21h.

Entretanto, em todas as vezes acabou desistindo, mas acabou libertando a criança na tarde de terça-feira, após quatro horas de sequestro. Depois de intensa negociação com os policiais, ele acabou se entregando. Com o bandido, foram encontradas uma faca e um estilete.

Ele disse à Brigada Militar que estava sendo ameaçado de morte na Penitenciária Estadual do Jacuí por causa de uma dívida de R$ 30 mil com uma facção criminosa e queria a sua transferência para outra cadeia. No entanto, a motivação do sequestro não foi esclarecida. O homem não conhecia as vítimas. A mulher foi levada para um hospital em estado de choque. A criança não se feriu.

Comentários

Comentários

839 Comentários