Municípios gaúchos recebem 130 mil testes rápidos para diagnóstico da Covid-19

O governador Eduardo Leite anunciou o repasse de mais 130 mil testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 aos municípios gaúchos. A remessa começou a ser enviada nesta sexta-feira (29), obedecendo a critérios populacionais e epidemiológicos.

“Sabemos que a política de testagem da população é muito importante, algo mundialmente reconhecido, e seguimos nosso desafio de ampliar a capacidade de monitoramento do avanço do coronavírus no Rio Grande do Sul”, afirmou o governador em transmissão ao vivo pela internet na quinta-feira (28).

De acordo com a secretária da Saúde, Arita Bergmann, o Estado já enviou 348 mil testes rápidos aos municípios e às Coordenadorias Regionais de Saúde. “A prioridade para a realização dos testes segue a mesma: profissionais da saúde, da segurança e do serviço penitenciário, idosos com comorbidades, pessoas com mais de 50 anos e motoristas de transporte público e de carga”, explicou.

Pessoas que residem com quem teve confirmação laboratorial para Covid-19 (contactantes domiciliares), incluindo as situações quando se identifica um caso em instituições de longa permanência de idosos, também são prioritárias para testagem.

Todos os 497 municípios gaúchos receberão um lote mínimo de testes rápidos, que foram enviados ao Estado pelo Ministério da Saúde. A eles, cabe a responsabilidade de concluir a inclusão de diagnósticos positivos no sistema do E-SUS Notifica, para que o caso passe a ser computado nos dados oficiais da Secretaria Estadual da Saúde e do Ministério da Saúde.

Critérios para distribuição dos testes aos municípios:

• Quantidade de profissionais da saúde
• População acima de 50 anos
• Municípios com casos confirmados para Covid-19
• Municípios com novos casos confirmados para Covid-19 que não haviam recebido caixas por esse critério nas remessas anteriores
• Número de leitos para atendimento a síndromes gripais

Comentários