Musa do Brasil de Pelotas 2016 é presa em uma operação contra o tráfico de drogas, roubos e lavagem de dinheiro no Sul do Estado

Polícia Civil deflagrou a ação nesta manhã (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A musa do Brasil de Pelotas 2016, Daiana Freitas, foi um dos alvos da segunda fase da Operação Katáschesi, deflagrada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (15), em Pelotas, no Sul do Estado, para combater o tráfico de drogas, roubos e lavagem de dinheiro. Ela foi presa no fim desta manhã.

Na ação, que ocorreu nos bairros Areal, Centro e Fragata, foram cumpridos 12 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão. Além de Daiana, outras oito pessoas foram presas. Dois veículos e celulares foram apreendidos.

Segundo o delegado Rafael Lopes, os criminosos investiam o dinheiro oriundo de roubos e tráfico de drogas em empresas lícitas, imóveis e veículos através de pessoas que não eram do grupo, conhecidas como laranjas.

A musa do Xavante teria participação ativa no esquema de lavagem de dinheiro, de acordo com a Polícia Civil. Ela foi detida ao sair da Pasc (Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas), onde visitou o companheiro, apontado como o líder da quadrilha. “Eles, inclusive, alugam os imóveis para gerar mais renda e esquentar o dinheiro das práticas criminosas”, explicou o delegado.

Daiana Freitas (Foto: Divulgação)
Daiana Freitas (Foto: Divulgação)

Comentários

Comentários

801 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.