“Não estabeleci nenhuma condição”: diz Moro após Bolsonaro afirmar que o indicará ao STF

(foto: José Cruz/Agência Brasil)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que não colocou nenhuma condição quando aceitou o convite para integrar a equipe ministerial do presidente Jair Bolsonaro. A declaração foi dada, nesta segunda-feira (13), um dia após Bolsonaro ter dito que firmou compromisso com Moro para indicá-lo para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) e que honraria o que foi acertado.

O ministro foi questionado se havia negociado uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) com o presidente da República e se a aceitaria. Moro se disse honrado, mas argumentou que “é algo que tem que ser discutido no futuro”. A próxima vaga a ser aberta será em novembro do ano que vem, quando o decano da Corte, ministro Celso de Mello, se aposentará.

Comentários