Nova Petrópolis vai desativar ambulatório de campanha para pacientes com coronavírus

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o espaço erguido com 39 leitos não chegou a ser usado. (Foto: Kassandra Dorneles/Prefeitura de Nova Petrópolis)

O Ambulatório de Campanha montado para o atendimento de pacientes com a Covid-19 em Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, será desmontado a partir desta quinta-feira (1º). A decisão do Comitê de Crise do município ocorre em função da diminuição do número de casos positivos ativos desde o início de setembro.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Petrópolis, o espaço erguido com 39 leitos para receber pessoas que apresentassem sintomas leves e moderados não chegou a ser usado. A estrutura foi montada nos primeiros dias de abril, quando o número de casos no Rio Grande do Sul começou a crescer.

A secretária municipal de Saúde e Assistência Social de Nova Petrópolis, Cláudia Pires, afirma que o objetivo do ambulatório era o de garantir atendimento caso a atual estrutura do sistema de saúde não fosse suficiente.

O investimento da prefeitura para garantir a operação do local foi de R$ 154.552,23, sendo R$ 149.481,95 por meio de transferência de recursos do Fundo Nacional da Saúde e R$ 5.070,28 de recursos próprios.

Segundo a secretaria, durante a montagem do ambulatório, vários itens foram doados pela comunidade. Agora, alguns destes produtos já possuem um destino. O estoque de água mineral será destinado ao Hospital Nova Petrópolis e os demais itens — como cobertores e EPIs — serão absorvidos nas Unidades Básicas de Saúde para utilização no atendimento da população.

Comentários