Novas restrições contra o coronavírus entram em vigor no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro retoma nesta sexta-feira (05) restrições mais rígidas contra um novo pico de contaminação pelo coronavírus. Ao menos até quinta-feira (11), quando haverá uma nova avaliação da prefeitura, a cidade precisará seguir as seguintes regras:

  • Entre 23h e 5h, fica proibido permanecer em ruas, espaços públicos e praças; a multa por descumprimento é de R$ 562,42 – a circulação está permitida.
  • Bares e restaurantes só podem abrir das 6h às 17h e com 40% de ocupação, inclusive em shoppings centers — o take away (retirada) de alimentos também está proibido, mas o delivery (entrega) está liberado, inclusive fora do horário;
  • Praias: estão proibidos quiosques, ambulantes e barraqueiros – banho de mar, exercícios e permanência na areia estão liberados;
  • Eventos, festas e rodas de samba também estão proibidos;
  • Não podem funcionar boates, casas de espetáculo, feiras especiais, feiras de ambulantes e feirartes (artesanato) — feiras livres estão liberadas;
  • Atividades econômicas que têm atendimento presencial podem funcionar entre 6h e 20h, mas com circulação de público limitada a 40%. Nesta lista, estão: comércio, shopping center (exceto praças de alimentação, que vão operar até as 17h), academias, salões de beleza, cabeleireiros, supermercados, entre outros.

Comentários