Nove pessoas são presas pela Brigada Militar por crimes eleitorais no 2º turno

A BM (Brigada Militar) informou, no fim da tarde deste domingo (29), que foram atendidas 21 ocorrências eleitorais nas cinco cidades gaúchas onde ocorreu o segundo turno das eleições municipais. Seis pessoas foram presas por boca de urna, uma por desacato e duas por desobediência no Estado.

Entre os detidos, quatro homens foram capturados em Canoas (dois por boca de urna e dois por desobediência) e um em Caxias do Sul por desacato. Já três mulheres foram presas em Porto Alegre e uma em Canoas – todas por boca de urna.

No total, os brigadianos abordaram 120 suspeitos. Nenhuma ocorrência envolvendo candidatos foi registrada. A BM afirmou que o balanço “evidencia a tranquilidade do pleito” no Estado.

Comentários