Novo relógio de rua de Porto Alegre passa por problema de energização

Equipamento foi instalado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, junto à orla do Guaíba. (Foto: Alex Rocha/PMPA)

O primeiro dos 168 novos relógios digitais de rua de Porto Alegre passou por um problema de energização na rede e precisou ser consertado na manhã desta sexta-feira (21).

O equipamento foi instalado no dia 13 deste mês, na avenida Edvaldo Pereira Paiva, na rótula de entrada para a Loureiro da Silva, junto à orla do Guaíba.

Após o retorno da energia, o relógio não conseguiu religar automaticamente. Segundo a empresa Clear Channel Brasil, concessionária vencedora da licitação e responsável pela instalação e manutenção dos relógios na Capital, o disjuntor interno desarmou com a manobra de energia.

“Assim que detectado o problema, a empresa enviou imediatamente uma equipe ao local, que identificou o dano, realizando a troca da parte da fiação danificada. Com isso, o equipamento foi devidamente religado”, informou a prefeitura.

Além da marcação de hora e temperatura, os 168 relógios que serão colocados na cidade tem conectividade gratuita por meio de wi-fi, medidores de radiação e painel de mensagens. Também possuem câmeras de alta definição e tecnologia capazes de fazer o reconhecimento das placas de veículos para complementar o cercamento eletrônico de Porto Alegre.

Comentários