O duelo desta quarta-feira contra o Cruzeiro-MG, pela Primeira Liga, é “o jogo do ano” para o técnico do time de transição do Grêmio

FONTE: O SUL – http://www.osul.com.br/

Na tarde passada, a chamada “equipe de transição” do Grêmio embarcou para Belo Horizonte (MG), onde disputará nesta quarta-feira, em jogo único (sem ida e volta) as quartas-de-final da Copa da Primeira Liga contra o Cruzeiro. A partida começa às 21h45min no estádio Mineirão, com transmissão ao vivo pela Rádio Grenal (95.9 FM ou www.radiogrenal.com.br). Quem vencer enfrentará Fluminense ou Londrina-PR já no próximo domingo, às 19h. Na mesma noite, em diferentes horários, o Inter recebe o Atlético-MG no estádio Beira-Rio (19h) e o Flamengo encara o Paraná Clube no Rio de Janeiro (21h45min).

Antes da viagem, o grupo alternativo – que está sob o comando do técnico Felipe Endres – se reuniu no centro de treinamentos Luiz Carvalho, na Arena, para encerrar os preparativos com um trabalho focado no aspecto tático. Os atletas relacionados para o confronto (que não é tratado com prioridade pelo Tricolor) incluem reservas da equipe principal e jovens nomes que já foram utilizados por Renato Portaluppi, a exemplo do atacante Lucas Poletto.

Tudo indica que a escalação que começará o primeiro tempo contra a Raposa terá Leo Jardim (segundo reserva de Marcelo Grohe, depois de Paulo Victor) no gol, mais Leonardo Gomes, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo, Conrado, Kaio, Machado, Esperon (Dudu), Patrick, Jean Pyerre e Beto da Silva. O meia-atacante equatoriano Michael Arroyo, ainda em recuperação de uma fratura no nariz, ficou de fora.

Oportunidade

Alguns integrantes da “gurizada” gremista, tais como Dida, Conrado, Jean Pyerre, Patrick, Batista e Dionathã, já foram chamados para compromissos do “grupo de cima” em partidas específicas da temporada. Para eles, a desvalorizada Primeira Liga pode servir de “vitrine”, inclusive para o treinador Felipe Endres (Renato permaneceu em Porto Alegre).

“A gente está vendo esse jogo como o jogo do ano para nós”, confirmou Endres antes do embarque, com um discurso que contrasta com a aparente desinteresse do clube pelo certame independente. “Até o presente momento, a nossa maior oportunidade foi no empate em 1 a 1 com o Ceará [no dia 2 de março, na Arena] e queremos superar isso no grupo de transição. Vamos ‘comer grama’ e fazer o que mais precisar ser feito para sairmos classificados.”

No caso dos reservas do grupo principal convocados para o confronto desta quarta-feira, a ideia é para reforçar o time de transição com nomes mais “cascudos” e proporcionar ritmo a jogadores com potencial de aproveitamento imediato no Campeonato Brasileiro ou mesmo na Copa Libertadores. Dentre eles está o próprio Rafael Thyere, segunda opção na zaga para o lugar do lesionado Pedro Geromel no grupo principal.

O próximo desafio do elenco titular está marcado para o próximo sábado, em casa, contra o Sport-PE. A partida, “atrasada”, é válida pela vigésima-segunda rodada do Brasileirão. Uma vitória aproximará ainda mais o Tricolor gaúcho do líder Corinthians, invicto até perder dois jogos consecutivos, o último deles para o lanterna Atlético-GO, algo inimaginável até pouco tempo atrás e que chegou a fazer a comissão técnica gremista cogitar a desistência da competição nacional.

Comentários