O Grêmio venceu o Bahia por 2 a 0 e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro

A equipe do Grêmio enfrentou neste domingo o Bahia na Arena Fonte Nova, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado de 2 a 0, o time gaúcho não só foi para o G-4 como assumiu a vice-liderança. Já o Bahia afundou ainda mais uma posição. O primeiro foi gol de pênalti, convertido por Maicon, que pegou o rebote do goleiro Douglas, ainda no primeiro tempo, e, já nos acréscimos da segunda etapa, Thaciano fez o segundo.

Primeira etapa

Logo aos 10 minutos o Tricolor conseguiu abrir o marcador com Maicon, após cobrança de pênalti quando Ramiro foi derrubado na área. No lance, o capitão chutou no canto direito, Douglas chegou a defender, mas no rebote, o camisa 8 mandou no canto esquerdo, abrindo o marcador.

A equipe do Bahia tentou reagir em uma cobrança de falta, quando Régis mandou direto para a área, mas a bola passou por todos, se perdendo pela linha de fundo. Em seguida, o time da casa chegou novamente com Zé Rafael tabelando com Nino. O atacante recebeu o último passe e finalizou, mas Grohe desviou para escanteio.

Os adversários chegaram novamente aos 26, quando Júnior Brumado, de longe, arrematou a gol, mas Marcelo Grohe estava no lance e fez a defesa com tranquilidade.

O Grêmio também chegou. Aos 30, depois de um cruzamento na área, Everton deu passe para Kannemann, que pegou de voleio e mandou a gol, mas Douglas defendeu.

Os baianos tiveram duas sequências de faltas a seu favor. Primeiro pela esquerda, quando Allione colocou na marca penal, mas a defensiva gremista conseguiu afastar. Em seguida, pela direita, onde Régis mandou direto e Júnior cabeceou por sobre a meta de Grohe.

Depois de uma troca de passes no campo de ataque, Cortez cruzou da esquerda, André desviou e a bola chegou a Ramiro. O meia finalizou de primeira, mas a bola passou por sobre a meta. Em seguida, Thonny Anderson recebeu passe na intermediária, pelo meio, e arriscou de longa distância, para mais uma defesa de Douglas.

O Bahia tentou o empate também arrematando de longe. Desta vez, Júnior chutou forte, muito alto. Grohe apenas acompanhou a trajetória da bola, que não levou perigo a meta gremista.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, Renato Portaluppi tirou Ramiro no intervalo para colocar Lima e logo aos 14 minutos, tirou André para colocar Thaciano. O Bahia tentou impor seu ritmo, mas os gremistas conseguiram segurar o marcador. Aos 30 minutos, a última substituição foi feita, quando Thonny Anderson deu seu lugar a Pepê.

No início da etapa, com uma falta quase que frontal, Zé Rafael cobrou para o Bahia, mas carimbou a barreira.

Os baianos seguiram pressionando e aos 8 minutos, depois de uma boa jogada de Allione, Régis recebeu passe e finalizou. A bola bateu em Kannemann e saiu a escanteio.

Já o Grêmio chegou com Jailson, que acionou André mais a frente. O centroavante invadiu a área e finalizou, mas pegou mal e mandou sem direção, não levando perigo ao gol de Douglas. Logo em seguida, Lima resolveu arriscar de longe, mandando por sobre a meta.

O time da casa avançou novamente com Régis, que mandou para fora, e em nova jogada em seguida, a defesa conseguiu o corte pela linha de fundo. Grohe defendeu uma nova bola lançada na área de escandeio. O Grêmio respondeu com Lima, Thaciano e Thonny Anderson, que estava em posição irregular e teve a jogada anulada.

Foi já nos acréscimos, aos 47 minutos, que o Tricolor chegou ao seu segundo gol. Everton, em grande jogada, cruzou para Pepê, que não conseguiu a finalização e dividiu com o goleiro Douglas; a bola ficou na área e Thaciano mandou para o fundo das redes. Um pouco antes o próprio Thaciano havia recebido outro passe de Everton e chutou, mas mandou por cima.

A partida não foi uma das mais bonitas do Grêmio, que não contou com Léo Moura, Arthur e Luan, que nem viajaram para Salvador, mas garantiu os três pontos. O próximo jogo do Grêmio, será contra o Palmeiras, na quarta-feira (6), na Arena, às 21h45min.

Ficha Técnica

Bahia – Técnico Guto Ferreira

Douglas, Nino, Tiago, Lucas Fonseca, Léo, Edson (Flávio), Elton, Régis, Zé Rafael, Allione (Vinicius), Júnior Brumado (Fernandinho).

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Marcelo Grohe, Leonardo Gomes, Bressan, Kannemann, Cortez, Maicon, Jaílson, Ramiro (Lima), T. Anderson (Pepê), Everton, André (Thaciano).

Arbitragem

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE). Auxiliar 1: Clovis Amaral da Silva (PE). Auxiliar 2: Cleberson do Nascimento Leite (PE).

Comentários