O Inter perdeu para o Vitória-BA nos pênaltis e está fora da Copa do Brasil

Jogando em Salvador (BA) na noite dessa quinta-feira, o Inter não conseguiu aproveitar a vantagem de jogar por um empate simples e perdeu para o Vitória nos pênaltis, por 4 a 3, e está fora da Copa do Brasil.

A sequência de cobranças foi determinada pela derrota de 1 a 0 no tempo regulamentar, com um gol de pênalti convertido pelo atacante Neilton para os donos da casa, aos 35 minutos do segundo tempo. No primeiro duelo do mata-mata, válido pela quarta fase do certame, o Colorado havia batido o adversário no estádio Beira-Rio por 2 a 1.

Camilo deixou o Inter na frente e Denilson igualou a contagem. Nico López bateu a segunda cobrança mas Caíque pegou. Marcelo Lomba, por sua vez, defendeu o chute de Nickson. Na sequência, o colorado Gabriel Dias desperdiçou e Uilian marcou para os donos da casa, Fabiano empatou para o Inter e José Welison fez 3 a 2. Na quinta cobrança colorada, Patrick fez a sua parte mas Neilton converteu e garantiu a vaga para o time de Salvador.

Agora, o Saci concentra todas as suas forças na disputa do Campeonato Brasileiro, em um ano que marca o retorno do clube à Série A. O próximo confronto será disputado às 16h deste domingo, em São Paulo, contra o Palmeiras do ex-técnico gremista Roger.

Escalações

O Inter do técnico Odair Hellmann colocou em campo Marcelo Lomba, Fabiano, Rodrigo Moledo (Klaus), Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Nico López, D’Alessandro (Camilo), Patrick e William Pottker (Marcinho).

Já o Vitória, sob o comado do técnico Vagner Mancini, escalou Caíque, Rodrigo Andrade (José Welison), Kanu, Ramon, Juninho, Willian Farias (Nickson), Uillian Correia, Yago (Guilherme Costa), Rhayner, Denilson, Neilton e Vagner.

Comentários