O porta-voz de Bolsonaro, Otávio do Rêgo Barros, está com o coronavírus

O porta-voz do presidente Jair Bolsonaro, Otávio do Rêgo Barros, 59 anos, contraiu o novo coronavírus. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (06). Segundo o gabinete de Barros, ele está bem e em isolamento em casa.

O porta-voz é mais um caso confirmado de Covid-19 na equipe do governo. Em março, ao menos 23 pessoas que estiveram com Bolsonaro na viagem do presidente aos Estados Unidos contraíram a doença, entre elas os ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Bento Albuquerque (Minas e Energia), além do secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten.

Após o contágio de auxiliares, Bolsonaro fez dois testes para identificar se foi infectado. O presidente anunciou que os resultados deram negativo, mas não apresentou os laudos dos exames, a exemplo do que fez Heleno.

“Eu talvez já tenha pegado esse vírus no passado, talvez, talvez, e nem senti”, afirmou Bolsonaro no fim do mês passado, durante viagem a Porto Alegre. Em 20 de março, ele disse: “Aqui em casa, toda a família deu negativo. Talvez, eu tenha sido infectado lá atrás e nem fiquei sabendo. Talvez. E estou com anticorpo”.

Comentários