Senado abre sessão para última votação da reforma da Previdência


Aprovação da proposta exige votos de pelo menos 49 dos 81 senadores. (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Com baixa probabilidade de derrotas, na avaliação de governistas, a reforma da Previdência deve cumprir nesta semana a última etapa de votação no Congresso. A expectativa de aliados do Palácio do Planalto é que o Senado conclua nesta terça-feira (22) a aprovação da proposta que reestrutura as regras de aposentadorias e pensões.

Líderes partidários, no entanto, esperam um cenário adverso para os planos futuros do ministro Paulo Guedes (Economia), como a reformulação no serviço público. O time de Guedes deve acompanhar a votação final da reforma em busca de garantir a aprovação sem novas alterações.

Por ser uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição), o texto precisa de apoio – em dois turnos – de 49 dos 81 senadores. Para aprovar o projeto, o governo precisa de votos de partidos independentes. Acompanhe a votação.

Comentários