Olimpíada de Tóquio é adiada para 2021 devido ao coronavírus

O COI (Comitê Olímpico Internacional) se rendeu ao que parecia inevitável e anunciou que os Jogos Olímpicos de Tóquio não serão realizados na data planejada. A pandemia de coronavírus levou a entidade e o governo japonês a adiarem o evento para  2021.

Nesta terça-feira (24), o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, conversou por telefone com o presidente do COI, o alemão Thomas Bach, e depois anunciou o adiamento à imprensa. Na sequência, o COI se manifestou, por meio de nota, confirmando a decisão.

“Na circunstância presente e baseado na informação providenciada pela Organização Mundial da Saúde, o presidente do COI e o primeiro-ministro do Japão concluíram que os Jogos da 32ª Olimpíada em Tóquio devem ser reagendados para uma data para além de 2020, mas não além do verão de 2021, para garantir a saúde de atletas, de todos envolvidos nos Jogos e da comunidade internacional”, afirmou o comitê.

Essa é a primeira vez que uma edição dos Jogos é adiada. Outras três foram canceladas (1916, 1940 e 1944) em razão das Guerras Mundiais.

A cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio seria realizada no dia 24 de julho. As competições se estenderiam até 9 de agosto.

Desde que a OMS (Organização Mundial da Saúde) passou a tratar como pandemia o surto de coronavírus, em 11 de março, eventos esportivos em todo o planeta vêm sendo paralisados.

Comentários