Operação Blecaute resulta em prisão por furto qualificado de energia elétrica em Porto Alegre

Furto de energia elétrica foi coibido com prisão em Porto Alegre (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

Um homem foi feito por furto qualificado de energia elétrica na manhã desta quitna-feira (27). A coordenação das ações foi do delegado Alexandre Luiz Fleck, da DRCP (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

A Operação Blecaute é uma ação permanente da DRCP/Deic no combate ao furto de energia elétrica. Os policiais atuaram junto com técnicos da empresa concessionária de energia elétrica em uma padaria que, embora em pleno funcionamento, não estava com cadastro ativo e regular. No local, foi constatada ligação direta na rede da concessionária, sem relógio medidor e consequente registro e pagamento.

Assim, toda a energia consumida pelo local era fruto de desvio. A perícia técnica do Instituto Geral de Perícias compareceu no local e constatou, igualmente, a prática criminosa. O valor total do prejuízo ainda será calculado pela concessionária de serviço público.

O delegado Fleck ressaltou que o furto de energia por estabelecimentos comerciais está no foco de combate da Delegacia, pois, além de gerar grandes perdas na rede de energia, com prejuízos arcados por toda a população, e consequente diminuição de arrecadação de impostos, a conduta gera perigo e instabilidade na rede energética, além de promover concorrência desleal: “aquele que mantem comércio regularmente não consegue competir de forma igualitária com aquele que se vê livre do custo de energia intrínseco à atividade econômica”.

A ação resultou na prisão em flagrante prática de crime de furto qualificado, com penas de 2 (dois) a 8 (oito) anos de reclusão, sendo o o flagrante lavrado na DRCP/Deic, e o preso encaminhado ao sistema carcerário.

The post Operação Blecaute resulta em prisão por furto qualificado de energia elétrica em Porto Alegre appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

17 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.