Operação da Polícia Federal prende quadrilha que assaltou a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre

A PF (Polícia Federal) deflagrou na manhã desta quarta-feira (09) a Operação Cavalo de Troia que reprime crimes patrimoniais contra os interesses da União. Policiais federais cumpriram dois mandados de busca em Porto Alegre e Alvorada e quatro mandados de prisão (sendo um deles no sistema prisional).

A operação teve origem no dia primeiro de dezembro de 2018, quando uma quadrilha de assaltantes invadiu a sede da Secretaria Municipal de Saúde em Porto Alegre. Quinze funcionários foram feitos reféns enquanto os criminosos tentavam abrir cofres dos terminais de autoatendimento. Antes de concluir a ação, o bando desistiu e fugiu levando a arma e o colete balístico do vigilante.

A ação desta quarta-feira visa o cumprimento das medidas judiciais expedidas referentes ao caso, bem como a coleta de provas. O nome Cavalo de Troia se deve à forma como a quadrilha ingressou no prédio. Dois criminosos chegaram de forma dissimulada informando haver uma entrega para aquele endereço para então anunciar o roubo.

Comentários