Operação de fiscalização em três supermercados de Alvorada e Canoas resulta em prisão e meia tonelada de apreensões

Quase meia tonelada de alimentos foram apreendidos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, em uma ação conjunta com as Vigilâncias Sanitárias Municipais, deflagrou uma operação de fiscalização em três supermercados da mesma rede nas cidades de Alvorada e Canoas nesta quarta-feira (19).

Foram apreendidos um total de aproximadamente meia tonelada de produtos e gêneros alimentícios impróprios ao consumo humano, nos três locais visitados.

A ação é composta por policiais civis da Decon (Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), e fiscais das Vigilâncias Sanitárias Municipais, sendo deflagada hoje, 19.04, simultaneamente em Alvorada e Canoas, na região metropolitana, tendo sido fiscalizados e inspecionados três estabelecimentos comerciais de uma mesma Rede.

De acordo com o delegado Rafael Liedtke, titular da Decon, a diligência integra as ações permanentes da Especializada, e que une diversos Órgãos Públicos com atribuições diferentes, porém, com a mesma finalidade, a de coibir a venda de alimentos impróprios aos consumidores gaúchos.

Durante os trabalhos realizados hoje, foram verificadas diversas irregularidades nos estabelecimentos visitados, que expunham à venda produtos e gêneros alimentícios sem indicação de procedência, carnes indevidamente refrigeradas, além de alimentos com prazo de validade vencido, mofados, tendo sido apreendida, aproximadamente, meia tonelada de alimentos impróprios ao consumo humano.

Foi verificada a presença de insetos vivos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Foi verificada a presença de insetos vivos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A confeitaria e padaria de um dos mercados inspecionados foi interditada pela vigilância sanitária de Alvorada, pois, dentre outras irregularidades constatadas, verificou-se enxame de baratas vivas no local, movimentando-se inclusive sobre os pães e massas.

O sócio-proprietário da rede de supermercados está sendo autuado em flagrante na sede da Especializada pela prática de crime contra as relações de consumo, prescrito no inciso IX do artigo 7° da Lei n.° 8.137/90, cuja pena máxima é de cinco anos de detenção.

The post Operação de fiscalização em três supermercados de Alvorada e Canoas resulta em prisão e meia tonelada de apreensões appeared first on O Sul.

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.