Organização Mundial da Saúde aponta que a evolução da pandemia na Europa provoca grande preocupação

A divisão Europa da OMS tem 53 países, incluindo a Rússia. (Foto: Reprodução)

A evolução da pandemia de Covid-19 na Europa é “muito preocupante”, mas a situação não é tão grave como a registrada há alguns meses, advertiu nesta quinta-feira (15) a OMS (Organização Mundial da Saúde).

“A evolução da situação epidemiológica na Europa provoca grande preocupação. O número de casos diários aumenta, as internações nos hospitais aumentam. A Covid é atualmente a quinta causa de mortes e a marca de 1.000 mortes por dia foi alcançada”, afirmou o diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge.

“Apesar de registrarmos duas ou três vezes mais casos por dia na comparação com o pico da curva de abril, vemos que o número de mortes representa um quinto das contabilizadas no pior momento da pandemia”, reconheceu Kluge, antes de destacar a importância das medidas que estão sendo adotadas em vários países europeus para frear a transmissão.

“São respostas apropriadas e necessárias diante do que nos dizem os números: a transmissão e a origem das infecções acontece em casas e em locais públicos fechados e entre as pessoas que não respeitam as medidas de autoproteção”, disse.

A divisão Europa da OMS tem 53 países, incluindo a Rússia. O continente registra mais de 7,25 milhões de casos de coronavírus e quase 250.000 mortes provocadas pela Covid-19, segundo a organização.

Comentários